Os problemas envolvem: Infecções hospitalares, prejuízos e perdas de equipamentos no hospital, problemas e traumas psicológicos nos pacientes que vivenciam a experiência de contato visual com as pragas urbanas e também comprometer a imagem do hospital, fazendo com que seja lembrado de forma negativa. 

O grande número de pessoas que circulam diariamente por hospitais e a necessidade de sempre manter o local ventilado, podem ser fatores atrativos para o aparecimento das pragas urbanas.

Por esses motivos, é fundamental realizar o controle de pragas periodicamente no ambiente hospitalar. Procure-nos para saber mais a respeito de como funciona o controle de pragas em hospitais e agende uma visita de nossos técnicos.