Nome científico: Blattella germânica
Nome popular: Barata alemã, paulistinha, barata de cozinha.

Aspecto: são pequenas, possuem em média de 1,5 a 3 cm, sua coloração é castanho-amarelada com duas faixas longitudinais mais escuras, as ninfas são mais escuras que os adultos e normalmente representam 75% da população. O ciclo de vida é em média de 9 meses.
 
Reprodução: é rápida e numerosa, a fêmea produz a primeira ooteca (extensão no corpo contendo ovos) aos 12 dias da idade adulta carregam a ooteca até quase a eclosão das ninfas, normalmente produzem de 24 a 48 ninfas por ooteca, essas ninfas passam por diversos estágios ninfais que duram de 50 a 60 dias, quando já atingem a vida adulta. Após duas semanas da eclosão das ninfas, a fêmea adulta já está pronta para formar nova ooteca, cada fêmea é capaz de formar de 4 a 8 ootecas ao longo da vida.

Hábitos: possuem hábitos noturnos, a alimentação é bastante variada, sendo alimentos ricos em açúcar, amido e gordura, mas apresenta preferência por alimentos fermentados e resíduos de bebidas, mas também as servem de alimentos celulose como papéis, ou ainda excrementos, sangue, resíduos de lixo e esgoto. Gostam de locais úmidos e quentes. Esta espécie passa 75% do seu tempo abrigadas próximos aos alimentos, o que as tornam a espécie mais encontrada em cozinhas.


Nome científico: Periplaneta americana
Nome popular: Barata voadora, barata de esgoto.

Aspecto: apresenta uma coloração vermelha acastanhada com listas amareladas e, quando jovens, possuem um mesmo tom, embora pálido. Esta espécie de barata é grande, o seu tamanho varia entre 3,0 e 4,5 cm. As suas asas são mais compridas do que o corpo no macho e só a cobrir o abdómen na fêmea. É um animal corredor, mas também possuem a capacidade de voar.

Reprodução: a fêmea deposita a ooteca, que fica presa a uma superfície. As ootecas contêm cerca 12 a 20 ovos que se eclodem em período de 1 a 2 meses. Durante a sua vida a fêmea produz 4 a 8 ootecas. As ninfas passam por 9 a 13 mudas antes de atingirem a fase adulta e requerem cerca de 2 meses para completar o desenvolvimento até à fase adulta. Vivem em média de 2 a 3 anos, os adultos podem sobreviver 2 ou 3 meses sem alimento mas apenas um mês sem água.

Hábitos: também possuem hábitos noturnos, seu hábito alimentar é bastante variado, mas apresentam preferência por alimentos ricos em amido, açúcar e gordura, este tipo apresenta preferência por gordura, mas também se alimentam de celulose como papéis, ou ainda excrementos, sangue, resíduos de lixo e esgoto. É bastante comum encontrá-las em caixa de gordura e esgoto, mas também se pode encontrá-las em outros ambientes.

As baratas ao mesmo tempo em que se alimentam regurgitam um pouco do alimento parcialmente digerido e depositam fezes, o que confere odor característico.

Percebe-se que um local está infestado por baratas através de sinais, como: fezes, ootecas vazias, esqueletos ou cascas de ninfas quando estas se transformam em adultos. Em altas infestações pode-se vê-las durante o dia, e o local apresenta odor característico.