A reprodução acelerada de insetos e roedores durante a primavera e o verão trazem uma grande preocupação com a transmissão de doenças, como  a dengue, (transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti) e a presença de formigas, baratas e ratos, no interior da residência, contaminando alimentos, por exemplo.

Além de incômoda, a presença de insetos e roedores, é uma questão de saúde pública.

Com a contribuição da tecnologia, atualmente é possível realizar a desinsetização e a desratização de um ambiente, sem deixar nenhum odor e em poucas horas a residência já pode ser ocupada novamente.

Alguns estabelecimentos, especialmente aqueles ligados ao setor alimentício, devem realizar procedimentos de controle e prevenção de pragas mensalmente.